Petista ''debocha'' da Justiça Eleitoral, diz advogado

Na avaliação dos tucanos, o programa nacional do PT que foi ao ar ontem infringiu, mais uma vez, a lei por ter promovido campanha eleitoral antecipada. O PSDB estuda se é o caso de entrar com outra representação contra os adversários petistas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Julia Duailibi, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2010 | 00h00

"Dilma não apenas mentiu como debochou da Justiça Eleitoral, violou a lei e demonstrou que o exemplo que segue é o da delinquência, que quer tirar vantagem a qualquer custo", afirmou o advogado Ricardo Penteado, que representa o PSDB.

"As decisões da Justiça têm demonstrado que o crime compensa", disse um tucano.

O líder do PSDB na Câmara, João Almeida (BA), também chamou Dilma de "mentirosa". Segundo o parlamentar, o programa Luz para Todos não foi uma iniciativa dela, como disse Lula no programa, mas do próprio Congresso, num projeto de lei que tratava da questão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.