Petista defende PAC e diz que Serra é 'biruta de aeroporto'

Novo termo integra pacote de expressões que serão usadas na campanha para carimbar tucano como 'anti-Lula'

Vera Rosa / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

20 de abril de 2010 | 00h00

Minutos depois de lançar seu site pessoal (www. dilmanaweb.com.br), com estocadas ao "apagão" do governo Fernando Henrique Cardoso, a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, chamou o adversário José Serra (PSDB) de "biruta de aeroporto". O novo termo integra o pacote de expressões que serão usadas na campanha petista para carimbar Serra como "anti-Lula".

Ela usou a expressão ao ser questionada se o tucano agia como "lobo em pele de cordeiro" ao sustentar que o Programa de Aceleração do Crescimento não passava de uma lista de obras.

"Eu acho que ele está mais para biruta de aeroporto porque cada dia (aparece) de um jeito", afirmou Dilma, que início do mês disse que tucanos agiam como "lobo em pele de cordeiro" e tentavam vender imagem distorcida da realidade. "Lamento que ele fale isso quando voltamos a financiar Estados e municípios."

Logo depois, porém, ela ironizou: "Mas a pessoa está lá tentando discutir política. Eu entendo as falas um pouco mais ácidas." Na prática, o comando da campanha petista quer reforçar o rótulo de Serra como "anti-Lula" e já pôs lupa sobre declarações do ex-governador que criticam programas do governo. A tática consiste em explorar divergências entre Serra e a cúpula do PSDB e alvejar a gestão do tucano como ministro do Planejamento, de janeiro de 1995 a abril de 1996, no governo Fernando Henrique. "Ninguém pode esquecer que eles criticaram o Bolsa-Família, que chamavam de Bolsa-Esmola".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.