Petista subestima participação de SP no PIB nacional

Mercadante e seu principal adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), têm travado uma batalha em torno da relação entre o Produto Interno Bruto (PIB) paulista e o bolo nacional. Ontem, na sabatina, o petista disse que a participação paulista encolheu quatro pontos porcentuais.

, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2010 | 00h00

"Se você pegar a participação do PIB ao longo desse período, tínhamos algo em torno de 34% do PIB nacional e hoje temos algo em torno de 30% do PIB. De um lado, porque os outros Estados se desenvolveram. No governo Lula, acho que essa tendência começa a se reverter, São Paulo acompanhou esse processo", disse Mercadante.

Os dados, no entanto, são inferiores aos apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pela Fundação Seade. De acordo com essas fontes, a participação de São Paulo no PIB nacional encolheu entre 2002 e 2004. Partiu de uma base de 34,6% para 33,1%. No entanto, houve uma retomada do crescimento em 2005 e a manutenção do patamar em 2006 e 2007, último ano disponível com base de dados consolidada. A participação do PIB paulista manteve-se em 33,9% - acima do apontado por Mercadante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.