Petistas do Rio fixam teto de R$ 5 milhões

QUANTO CUSTA 1

, O Estado de S.Paulo

01 de julho de 2010 | 00h00

O PT do Rio fixou em R$ 5 milhões o limite máximo de gastos de cada candidato a deputado federal. Para os que disputam vaga de deputado estadual, o teto será R$ 2,5 milhões. Petistas dizem que os custos serão bem menores, mas é preciso deixar margem para os candidatos que conseguem doações "generosas" e com isso sofisticam a propaganda. A campanha ao Senado do ex-prefeito Lindberg Farias não poderá ultrapassar os R$ 15 milhões. Os cálculos mais realistas são de que um deputado federal candidato à reeleição no Estado gaste cerca de R$ 1 milhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.