Petistas pedem cautela, mas já escolhem o local da festa da vitória em Brasília

CLIMA DE COMEMORAÇÃO

, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2010 | 00h00

Minutos antes de entrar no estúdio da Record, Michel Temer, presidente do PMDB e candidato a vice-presidente na chapa de Dilma Rousseff, dizia a jornalistas que "o sentimento em relação à eleição é de cautela". Enquanto evitava dar a eleição como vencida, a poucos metros dali a conversa ao pé do ouvido era outra. Petistas admitiam que hoje deve ser definido, a sete chaves, o local em Brasília onde poderá ser a festa da vitória, caso a candidata petista vença a eleição. A candidata votará em Porto Alegre, mas voltará a Brasília para, ao lado do presidente Lula, aguardar o resultado. O PT cogitou fazer a festa em local próximo à sede do partido, mas agora pensa em transferi-la para um local maior na capital federal, fora do Setor Comercial Sul. A direção do partido deve bater o martelo sobre o local hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.