Petrobras patrocinará projetos culturais da prefeitura de SP

A Petrobras vai patrocinar projetos culturais da Prefeitura de São Paulo incluídos na comemoração dos 450 anos da cidade. Serão pelo menos R$ 17 milhões em investimentos para as três principais propostas. A prefeita Marta Suplicy esteve hoje com o presidente da estatal, José Eduardo Dutra, e saiu animada. Ela pede R$ 6,5 milhões para transformar o Palácio das Indústrias em Museu da Cidade; cerca de R$ 8 milhões para criar uma pinacoteca municipal; e R$ 2,5 milhões para o Centro Cultural Vergueiro, o maior da cidade, segundo a prefeita. "A boa vontade da Petrobras é total e o interesse é muito grande porque a cidade só faz 450 anos uma vez na vida. Fico muito contente. Nos dois anos do Fernando Henrique nós não conseguimos aprovar nada", afirmou. Ela não disse quando o patrocínio será anunciado oficialmente, mas afirmou que será em breve. O aniversário é comemorado em 25 de janeiro. A prefeita aproveitou a visita para pedir também investimento da estatal no Planetário do Ibirapuera, atualmente interditado. Ela disse que vem tentando criar uma parceria com a Nestlé, mas ainda não obteve resposta. Marta não quis revelar qual seria o valor para o Planetário. "Melhor nem falar, ou você capota." Marta negou que o projeto de regulamentação do serviço de água e esgoto de São Paulo possa provocar o encarecimento da conta para a população. "Não vai encarecer. Eles falam isso para impedir a participação do município na questão da Sabesp." De acordo com a prefeita, a empresa recolhe 60% de sua receita na capital, mas o investimento na cidade é "ínfimo". "São Paulo ainda tem bairros que necessitam muito desse investimento. Não tem sentido você ter a Sabesp na cidade e não permitir a participação do município nas suas decisões. Se conseguirmos mais recursos, a tendência é diminuir o custo."

Agencia Estado,

11 Junho 2003 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.