Petrobras promete relatório sobre acidente em 15 dias

A Petrobras informou oficialmente neste sábado, em nota, a morte de um dos cinco feridos no acidente ocorrido no Pólo Industrial de Guamaré, no Rio Grande do Norte. O jatista José Gonçalves de Souza Filho, 40 anos, faleceu na manhã deste sábado, no Hospital do Coração, em Natal (RN). Sílvio da Costa Valentim e Vanderlante Olegário de Souza, também feridos no acidente, foram transferidos hoje pela manhã para o Centro de Queimados do Galeão, no Rio de Janeiro, para onde estava marcada a ida de José Gonçalves de Souza Filho. Os outros dois acidentados, Telmo Márcio da Silva e José Haroldo da Silva, segundo a empresa, passam bem mas vão permanecer internados no hospital São Lucas, em Natal, em observação médica por 72 horas. A Petrobras informou também que a Comissão de Sindicância instalada pela companhia para apurar as causas do incêndio em Grumaré vão iniciar os trabalhos no domingo e divulgar um relatório dentro de 15 dias. O acidente ocorreu durante a pré-operação de uma nova unidade da Estação de Tratamento de Óleo do Pólo em Grumaré. De acordo com a companhia, os profissionais envolvidos no acidente são empregados da Vipetro, empresa de Mossoró que presta serviços há 21 anos à Petrobras. Ainda segundo a nota, a Petrobras e a Vipetro estão tomando todas as providências para dar assistência aos familiares das vítimas.

Agencia Estado,

30 de agosto de 2003 | 15h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.