Petrópolis registra 128 ocorrências por causa da chuva

Parte das ocorrências são casos de pequenos deslizamentos de terra e rachaduras em residências

estadão.com.br,

02 Janeiro 2012 | 18h18

 SÃO PAULO -O município de Petrópolis, a Região Serrana do Rio de Janeiro, registrou 128 ocorrências durante a chuva intensa que atinge a cidade entre a madrugada do último domingo, 1º, e a tarde desta segunda-feira, 2. Não há informação de vítimas.

O Comitê de Ações Emergenciais da prefeitura informa que continua em estado de alerta e todos os órgãos que fazem parte do comitê estão mobilizados para qualquer tipo de emergência.

No bairro Caxambú, foram registrados deslizamentos de terra. Na Estrada Francisco Peixoto da Costa, o banheiro de um imóvel foi atingido. Na Rua Waldemar Ferreira da Silva, a queda de uma barreira afetou o terreno de uma casa.

No bairro Floresta, um imóvel foi afetado por um deslizamento e interditada na Rua Henrique Paixão. Os moradores do imóvel em questão foram encaminhados para a casa de parentes.

Na Comunidade do Alemão, um barranco deslizou e atingiu uma casa. No imóvel morava uma mulher com três filhos. Todos foram encaminhados para a casa de vizinhos.

Na Estrada da Saudade, um deslizamento de terra interditou a via, mas uma equipe da Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) realizou a limpeza do local e desobstruiu a pista. Na parte da tarde, uma nova ocorrência foi registrada no mesmo trecho, interditando a via parcialmente. Técnicos da Defesa Civil estão no local para averiguar a possibilidade de outros deslizamentos, além do início de um novo processo de limpeza na área.

Em Pedro do Rio, um deslizamento interditou a principal via. Equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) limpam a estrada, que deve ter a pista liberada até o final do dia.

Durante as últimas 24 horas, o maior volume de precipitação registrado passou a ser na Avenida Barão do Rio Branco, com índice pluviométrico de 114 milímetros, até o momento. No Itamarati, o registro pluviométrico chegou a 105 milímetros. No bairro Independência, o volume de chuva chegou a 104 milímetros. O Vale do Cuiabá, local onde a tragédia ocorreu no ano passado, registrou 30 milímetros.

A Defesa Civil funciona em regime de plantão 24 horas com equipes para atender a todos os chamados da população. As solicitações podem ser feitas pelo telefone 199.

Mais conteúdo sobre:
Petrópolis chuva Defesa Civil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.