PF apreende 14 kg de cocaína no aeroporto de Cumbica

Já se tornaram rotina as apreensões de drogas no Aeroporto Internacional de São Paulo, no bairro de Cumbica, em Guarulhos, principalmente depois da constituição da Força Tarefa integrada por agentes da Polícia federal e da Receita Federal. Na noite de quinta-feira, houve mais duas apreensões, num total de 14 quilos de cocaína pura. A polícia ainda não revelou os nomes de três pessoas que foram autuadas em flagrante por tráfico internacional.A primeira prisão foi de um homem alemão que pretendia embarcar para a Suíça. Ao passar a bagagem pelo raio X, constatou-se que havia droga dentro das alças de suas malas. A cocaína retirada das alças pesou três quilos e meio.Mais tarde, foram presas duas mulheres que pretendiam embarcar para Amsterdã, na Holanda, vôo em que quase diariamente são interceptados traficantes. Uma delas é alemã e a outra, africana de Moçambique. Foi o nervosismo de uma delas que chamou a atenção dos agentes. Nas bagagens das duas suspeitas havia mais de 10 quilos.Segundo o delegado da Polícia Federal Marcelo Ivo de Carvalho, a pureza da cocaína apreendida é tal que, após as misturas, o resultado poderia chegar a 50 quilos para consumo final. Os três deverão ser encaminhados para a carceragem da PF, no bairro da Lapa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.