PF apreende 48 quilos de cocaína no interior de SP

A Polícia Federal de Araraquara terminou, na manhã de hoje, o flagrante de uma operação que prendeu três pessoas e apreendeu 48 quilos de cocaína, em Santa Rita de Passa Quatro, na região de Ribeirão Preto. Foi descoberto ainda um laboratório de refino da droga numa casa, no centro da cidade, além de drogas escondidas numa chácara e num carro. O delegado da PF de Araraquara, Claudio Cavalaro, disse que a cocaína, que chegou da Bolívia, seria distribuída nos morros de Vigário Geral e Mangueira, no Rio de Janeiro.Após um mês de investigação dos setores de inteligência da PF de Araraquara, Brasília e São José do Rio Preto, a operação foi realizada, simultaneamente, na casa e na chácara, às 10h30 de ontem. Mas, para não atrapalhar o flagrante, só hoje foi divulgada a ação policial, que deteve Alfredo Antonio Galhardo, o Carlos, de 41 anos, Fábio Gomes de Campos, de 22, e Roseana Alves da Silva de Lara, a Tininha, de 37. Tininha foi detida em sua casa, onde funciona o laboratório de refino, com 30 quilos de cocaína. Os dois homens foram surpreendidos numa chácara, a cinco quilômetros da casa do centro, com 18 quilos de cocaína."Temos informações de que o Carlos levava, semanalmente, 100 quilos de cocaína para o Rio, vendendo cada quilo por R$ 6 mil", disse Cavalaro. A PF apreendeu quatro veículos: um Gol, um Fiat Strada, um Ford 250 e um Santana, onde, atrás do encosto do banco traseiro, foram achados um quilo de crack e três gramas de cocaína prontos para distribuição. Os homens estão na Cadeia de São Carlos e Tininha foi levada para o Presídio Feminino de Ribeirão Bonito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.