PF apreende carregamento de soja misturada a areia

A Polícia Federal apreendeu na noite de ontem, em Paranaguá, no litoral do Paraná, dois carregamentos de farelo de soja misturado com areia. Pelo menos 40% das 56 toneladas dos dois caminhões era formado por areia. A PF levantou que a troca foi realizada no meio do caminho entre Osvaldo Cruz (SP) e Paranaguá. Os dois caminhoneiros foram presos. O delegado Annibal Wusti do Nascimento Gayer disse que a polícia já está atrás de outros integrantes da quadrilha. "Em poucos dias teremos novas prisões", afirmou.Os caminhoneiros Anderson Laureano Silva e Hodimerval BarrosMesquita foram enquadrados nos crimes de adulteração de produtos alimentícios e contrabando. Com cada um deles a polícia encontrou cerca de R$ 1,5 mil, que eles teriam recebido como pagamento pela adulteração. O delegado disse que cerca de 12 toneladas já tinham sido descarregadas de cada um dos caminhões, quando a polícia detectou o crime. As informações eram de que os carregamentos destinavam-se a compradores da França e da Holanda.

Agencia Estado,

22 de novembro de 2002 | 15h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.