PF aumenta fiscalização na Presidente Dutra

A Polícia Federal do Vale do Paraíba está fazendo uma fiscalização ostensiva na Rodovia Presidente Dutra e nas rodovias estaduais que cortam a região para impedir a entrada de drogas, armas e munição no Estado de São Paulo. O alvo da operação da PF são os ônibus e caminhões que vêm de Argentina, Paraguai, Uruguai e Bolívia ou das cidades que fazem fronteira com estes países. A operação vai estender-se por todo o mês. "Estamos de olho nos ônibus, mas nada impede que paremos carros particulares ou de escolta", informou o delegado da PF, Reinaldo Boarin. Ele disse que, na última fiscalização, pararam um carro suspeito, ocupado por três assaltantes que acabavam de roubar uma chácara em Ibiúna e trocariam os produtos por drogas em Taubaté. A fiscalização começou há uma semana, depois que a Polícia Federal do Vale do Paraíba recebeu reforço policial. "Na via Dutra se passam muitas irregularidades, desde cargas clandestinas até cadáveres", afirmou o delegado. Ele disse que a PF tem recebido constantes denúncias de rota de tráfico pela Dutra, por isso a intensificação da fiscalização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.