PF busca 13 acusados de pedofilia em 4 Estados e no exterior

Investigação começou em Campinas e aponta venda de imagens de sexo explícito para pelo menos 23 países

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

15 de setembro de 2009 | 11h44

Policiais federais procuram 13 pessoas acusadas de pedofilia em 4 Estados do Brasil nesta terça-feira, 15. Além dos acusados procurados no País, agentes da PF buscam 60 pessoas em 23 países na Operação Laio. A quadrilha internacional divulgava imagens com conteúdo pedófilo envolvendo crianças e adolescentes.

 

Veja também:

especialSaiba como proteger as crianças dos perigos na web

 

Foram localizados 11 acusados no País, em quatro Estados. Além deles, 60 pessoas foram detidas em 23 países: Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra, França, Canadá, Austrália, Marrocos, Bolívia, México, Bélgica, China, Colômbia, Croácia, Espanha, Holanda, Itália, Noruega, Portugal, Romênia, Suécia, Suíça, Tailândia e Venezuela.

 

No exterior, os agentes da PF tiveram apoio de policiais da Interpol. Além dos mandados de prisão, os policiais têm mandados de busca e apreensão e podem prender em flagrantes pessoas que forem encontradas com fotos, vídeos ou qualquer outro material com conteúdo de pedofilia.

 

A investigação começou em Campinas, no interior de São Paulo. No começo das investigações, os policiais prenderam um acusado de pedofilia que tinha materiais de sexo explícito com crianças e adolescentes. O acusado trocava imagens de sexo explícito pela internet.

Tudo o que sabemos sobre:
pedofiliaOperação Laio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.