PF combate contrabando de pedras preciosas

Cerca de 270 policiais federais e 50 auditores do Tesouro Nacional deflagraram na madrugada desta sexta-feira a Operação Carbono, que visa combater o contrabando de pedras preciosas, principalmente diamantes, no País. A megaoperação, segundo a Polícia Federal, está sendo cumprida nos Estados de Minas Gerais, Mato Grosso e Rio de Janeiro, com 40 mandados de busca e apreensão. A operação é resultado de investigações conduzidas há um ano pela PF, pelo Ministério Público e pela Receita Federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.