PF combate quadrilha que fraudava investidores estrangeiros

A Polícia Federal promove nestasegunda-feira operação em conjunto com autoridadesnorte-americanas para combater um esquema de fraude contrainvestidores de vários países, principalmente da Inglaterra,Espanha, Austrália, Estados Unidos e de algumas nações daÁsia. A quadrilha transnacional faturou pelo menos 50 milhões dedólares ao longo de cinco anos de atuação --sendo três deles noBrasil-- e contava com sites forjados e operadores detelemarketing para oferecer "condições irrecusáveis" deinvestimento, informou a PF em comunicado. "Para concretizar o negócio exigia-se o depósito antecipadode taxas de corretagem e impostos, com a promessa derestituição de todo esse dinheiro", afirmou a PF, que concedeentrevista à imprensa nesta tarde sobre a ação contra o grupo. A operação, chamada Pirita, acontece em São Paulo, RioGrande do Sul e nos EUA. As autoridades brasileiras cumprem 35ordens de busca e apreensão, além de mandados de prisãopreventiva e temporária. Nos EUA, o FBI cumpriu 2 mandados deprisão contra brasileiros em Miami. (Por Silvio Cascione)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.