Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

PF deflagra operação para combater crimes de frigoríficos

Empresas em Rondônia teriam subornado servidores públicos de órgãos de fiscalização, banco e ministério

16 de junho de 2009 | 12h01

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal em Rondônia deflagraram nesta terça-feira, 16, a Operação Abate, que investiga crimes em benefício de empresas frigoríficas, laticínios e curtumes em Rondônia.

 

Segundo a PF um importante grupo econômico com sede em Mato Grosso seria responsável pelo pagamento de propinas a servidores públicos da Superintendência Federal da Agricultura em Rondônia, Banco da Amazônia, Ministério da Integração Nacional, Agência Nacional da Energia Elétrica e Secretaria do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso.

 

A operação cumpre 15 mandados de prisão preventiva, sete mandados de prisão temporária e 43 mandados de busca e apreensão, na sede da Superintendência Federal da Agricultura em Rondônia, na residência de vários investigados e na sede de diversas empresas envolvidas no suposto esquema.

 

A PF informa que as investigações tomaram mais de um ano e que 250 policiais federais estão envolvidos para o cumprimento de ordens judiciais em oito Estados: Rondônia, Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Pará e Rio Grande do Norte e no Distrito Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.