PF desarticula maior quadrilha de traficantes do norte do Rio

Nove foram detidos em Campos dos Goytacazes; também foram apreendidos carros e armas

Solange Spigliatti, da Central de Notícias

30 de junho de 2010 | 13h42

SÃO PAULO - Nove pessoas foram detidas em Campos dos Goytacazes, no Rio, nesta quarta-feira, 30, durante a Operação Matuto da Polícia Federal do Rio de Janeiro, acusados de pertencer à maior quadrilha de traficantes do norte fluminense.

 

Foram cumpridos nove mandados de prisão e 20 de busca e apreensão, um deles em Cabo Frio e o restante em Campos dos Goytacazes, todos expedidos pela 2ª Vara Criminal de Campos dos Goytacazes com o apoio da 2ª Promotoria de Investigação Penal deste município.

 

Em Cabo Frio foi preso R.B.M. Já em Campos foram presos W.P.S., P.S.C.F., D.A.N., J.C.S.J., M.A.R.F., J.F S., A.C.S. e J.M. Foram apreendidos sete carros (2 Hondas Civic, 1 Audi A3, 1 Gol, 1 Astra, 1 Crossfox e 1 Golf), além de duas motos, quatro armas (2 pistolas 380, 1 revólver 38 e uma espingarda calibre 12), celulares, e ainda R$ 4.400 em dinheiro.

 

De acordo com a PF, em uma ação recente relacionada a um dos presos na Operação, foram apreendidos 15 kg de cocaína no interior de um veículo Pálio, também apreendido. A informação só foi divulgada hoje para não atrapalhar as investigações que duraram cinco meses. Os presos foram encaminhados para o presídio Carlos Tinoco, em Campos, onde se encontram à disposição da Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:
Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.