PF descarta explosão de cilindro de drogas

O superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Sérgio Fontes, descartou ontem que a explosão de um cilindro com drogas tenha sido a causa do acidente na semana passada na sede de Manaus. Três peritos morreram. Sete peritos de Brasília trabalham com a hipótese de acidente de trabalho. A suspeita do cilindro surgiu porque testemunhas viram peritos trabalhando com o objeto. Atentado não foi descartado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.