PF desmantela quadrilha internacional de traficantes de drogas

A Polícia Federal prendeu na quarta-feira 51 suspeitos durante uma operação contra uma quadrilha dedicada ao tráfico internacional de drogas, realizada em três Estados. A quadrilha mandava cocaína da Bolívia pela Argentina e a distribuía na Argentina, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, segundo comunicado da PF. A chamada Operação Colméia ocorreu também no Ceará, onde foram cumpridos mandados judiciais de busca e apreensão. Entre os presos está Ademar Fracalossi, considerado o líder da quadrilha, que foi detido em Porto Alegre, segundo a nota. Os agentes também encontraram cerca de 300 quilos de cocaína enterrados na propriedade de um dos traficantes na cidade gaúcha de Viamão. Foram apreendidos cerca de 40 veículos, armas e "produtos que servem para a preparação e refino da cocaína", disse o comunicado. "A quadrilha é considerada a maior em atividade no Estado do Rio Grande do Sul", disse a polícia, acrescentando que o grupo dava ênfase em distribuir a cocaína obtida junto a produtores menores. A polícia estima que a quadrilha comercializava cerca de meia tonelada por mês. (Reportagem adicional de Pedro Fonseca) (Por Julio César Villaverde)

REUTERS

12 Setembro 2007 | 17h18

Mais conteúdo sobre:
CRIME PF COLMEIA

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.