PF destrói 371.600 pés de maconha em Pernambuco

A Polícia Federal (PF) destruiu 371.600 pés de maconha no sertão de Pernambuco, entre os dias 12 e 20 de fevereiro, durante a chamada Operação Relâmpago, destinada a combater o cultivo e o tráfico da droga. Cerca de 70 agentes atuaram em 15 municípios, segundo nota divulgada ontem pela assessoria de Imprensa da PF. Foi preso Clodoaldo de França Monteiro, de 54 anos, apontado como um dos "grandes" fornecedores de maconha para a região metropolitana do Recife, e Leonildo Teodoro da Silva, de 82. Os dois transportavam 50 quilos da droga, misturados entre frutas. Edvaldo Barbosa da Silva Peres também foi detido por vender irregularmente cartuchos de diversos calibres num mercado. Segundo a PF, as sucessivas operações policiais em Pernambuco estão diminuindo a quantidade disponível da droga e, conseqüentemente, elevando o seu preço.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.