PF encontra 1ª prostituta adolescente em SP

No segundo dia da blitz batizada de "Operação 12 de Outubro", que visa a combater a prostituição infantil, agentes da Polícia Federal encontraram uma garota de 16 anos trabalhando na Boite Perdido nas Noite, na Rua Alfredo Pujol, 511, no bairro de Santana, Zona Norte da capital paulista. Três casas de exploração do lenocínio foram visitadas na noite deste sábado, e cerca de 30 jovens foram levadas para a sede da PF na Rua Piauí, para serem ouvidas. O proprietário da casa onde estava a adolescente foi preso e será indiciado. Com ele foi encontrado um revólver de calibre 38.Atendendo à prioridade estabelecida pelo governo Lula, a Polícia Federal organizou essa operação que está se desenvolvendo por todo o país. Sábado à noite, além do prostíbulo da Rua Alfredo Pujol, foram fechados também o da Rua Dr. Cesar, 742 e o da Rua Alfredo Guedes, 97. Depois de ouvida em sindicância a adolescente apreendida foi dispensada, mas o proprietário da casa em que foi encontrada foi indiciado com base nos artigos 228, 229 e 230 do Código Penal, referentes à exploração do lenocínio, com agravantes baseadas no Estatuto da Criança e do Adolescente, e também no artigo 10, por causa do porte ilegal de arma.Na noite de sexta feira, quando se iniciou a "Operação 12 de Outubro", os agentes invadiram as casas da Rua Dr. Zuquim, 53 e Rua Jovita, 237, também em Santana, Zona Norte, e da Alameda Jurupis, 1408, em Moema, Zona Sul. A proprietária dos três prostíbulos, Eunice de Souza Gomes, de 30 anos, conhecida por "Keila", e a gerente da casa da Rua Jovita, Lucilene Cordeiro da Silva, de 40, também foram indiciadas. Trinta agentes da Polícia Federal participam da operação, enquanto 30 outros ficam de sobreaviso, para serem acionados em alguma emergência. A blitz desta noite terá desdobramento ao amanhecer, pois policiais rodoviários federais estão apoiando os agentes da PF na vistoria em mais um prostíbulo, à margem de uma rodovia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.