PF espera receber dados da caixa-preta do Legacy até sexta

O delegado Renato Sayão, da Polícia Federal (PF), espera receber até sexta-feira, 27, uma resposta da Justiça Federal ao seu pedido para que determine que o comando da Aeronáutica envie à PF os registros dos diálogos contidos nas caixas-pretas do jato Legacy, que colidiu no ar com o Boeing da Gol sobre a selva amazônica. Sayão é o responsável pelo inquérito sobre o acidente, em que morreram 154 pessoas. Pela legislação internacional, as informações contidas em caixas-pretas não podem ser usadas como provas em inquéritos e tribunais, a menos que a Justiça determine a quebra do sigilo do conteúdo.Sayão está nesta quarta no prédio da Coordenação de Aviação Operacional da PF, na capital federal, analisando as transcrições dos diálogos mantidos no dia do acidente pelos controladores de vôo entre si e com os tripulantes do Legacy.Segundo assessores da PF, Sayão pretende começar a ouvir os controladores na próxima semana. O delegado aguarda uma decisão da Justiça autorizando-o a ter acesso ao conteúdo das caixas-pretas do Legacy. Só depois é que ele marcará os depoimentos do piloto e do co-piloto do jato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.