PF faz operação contra pedofilia em 9 Estados e no DF

Operação Tapete Persa conta com a participação de mais de 400 agentes e trabalha em cooperação com a Interpol

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

27 de julho de 2010 | 11h25

SÃO PAULO - Agentes da Polícia Federal (PF) cumprem hoje 81 mandados de busca e apreensão em nove Estados com o objetivo de combater a exploração, o abuso sexual e a pedofilia na internet. A Operação Tapete Persa está sendo realizada em Alagoas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal, com a participação de mais de 400 agentes da corporação.

 

Coordenada pela Divisão de Direitos Humanos da PF, por meio do seu Grupo Especial de Combate aos Crimes de Ódio e à Pornografia Infantil na Internet (GECOP), a operação tem caráter internacional. A PF trabalha em cooperação com a Polícia Internacional (Interpol) e a Polícia Criminal de Baden-Württenberg, localizada no sudoeste da Alemanha.

 

Segundo a PF, a Tapete Persa teve origem durante a Operação Perserttepich & Collection, deflagrada em junho do ano passado pela polícia alemã, que realizou o monitoramento de redes ponto-a-ponto (P2P) na web, utilizadas para o compartilhamento de arquivos de imagens e vídeos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

 

Após realizar a varredura na internet, a polícia alemã identificou milhares de suspeitos em todo o mundo, inclusive no Brasil. Os fatos foram informados à representação da Interpol, no final do ano de 2008, chegando ao conhecimento da Divisão de Direitos Humanos da PF, que iniciou as investigações no primeiro semestre do ano seguinte.

Tudo o que sabemos sobre:
crimepedofiliaoperaçãoPFInterpol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.