PF faz operação contra quadrilha de emigração ilegal

Cerca de 160 policiais federais deflagraram na madrugada desta terça-feira, 7, a Operação Mar Egeu, no Rio de Janeiro e em mais três Estados, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada na emigração ilegal de mulheres e crianças para os Estados Unidos. Serão cumpridos seis mandados de prisão e 44 de busca e apreensão no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Santa Catarina. Foram presas três pessoas em Macaé, Rio das Ostras e Governador Valadares, em Minas.De acordo com as investigações iniciadas em agosto de 2003, servidores da Petrobrás atuariam fornecendo seus dados a servidores da Polícia Federal, que emitiam passaportes fraudados. Estes passaportes eram usados para possibilitar a entrada irregular de brasileiros nos Estados Unidos.Foram identificados também agenciadores e financiadores que levariam brasileiros para os Estados Unidos em travessias perigosas pelo México e pela Guatemala, fornecendo verdadeiros pacotes completos para a travessia e para a obtenção de passaportes. Descobriu-se ainda que o grupo financiava as viagens dos emigrantes para depois cobrar os valores sobre o trabalho do emigrante no exterior, exigindo garantias de bens nas transações financeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.