PF faz operação contra rádios piratas em São Paulo

Cerca de 65 policiais federais e 20 agentes de fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) deflagraram na manhã desta quarta-feira, 18, a Operação Corsário, com o objetivo de cumprir mais de 40 mandados de busca e apreensão na Grande São Paulo, além de encerrar as atividades de emissoras de rádio que operam sem a autorização da agência. Os proprietários das rádios clandestinas respondem pelo crime de atividade indevida de radiodifusão, podendo ainda ser caracterizado como crime contra a segurança de transporte aéreo.Os transmissores apreendidos serão submetidos a perícia para aferir a respectiva potência, enquanto os demais equipamentos ficarão, desde já, à disposição do da Justiça.

Agencia Estado,

18 de outubro de 2006 | 11h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.