PF faz operação contra tráfico de mulheres em São Paulo

A Polícia Federal realiza, neste domingo, 24, a Operação Afrodite II, com objetivo de cumprir mandados de prisão contra suspeitos de aliciar mulheres para prostituição em São Paulo.De acordo com a Polícia Federal, na 2ª edição da operação, os agentes devem cumprir entre três e sete mandados de prisão. Os criminosos recebiam de clientes do Brasil e do exterior o perfil das mulheres desejadas, como cor dos olhos, cabelos e idade. Eles encaminhavam fotos para que os clientes escolhessem a parceira por e-mail.Depois de cerca de um ano de investigações, os investigadores conseguiram levantar provas suficientes para justificar os mandados de prisão. Os presos responderão por formação de quadrilha, tráfico de mulheres e rufianismo, que consiste em tirar proveito da prostituição. Eles ainda devem responder por tráfico internacional e interestadual de mulheres, cujas penas variam de 1 a 8 anos de reclusão.Operação Afrodite I : Em 14 de dezembro, sete pessoas foram presas temporariamente. Entre elas, Giselda Oliveira, considerada a maior cafetina do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.