PF faz operação em todo o País contra sonegação fiscal

Cerca de 100 policiais federais deflagraram na manhã de hoje uma operação nacional para desmantelar uma organização criminosa especializada em sonegação fiscal. A quadrilha era composta por políticos, servidores públicos, advogados e empresários e possuía sede no Espírito Santo, com ramificações no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia e Mato Grosso do Sul.As investigações mostram irregularidades nas importações realizadas pelo grupo composto por mais de 300 empresas da variados segmentos, como combustíveis, importação e exportação, mineração, agropecuária e construção civil.Em seis meses de funcionamento o grupo importou cerca de U$ 14 milhões utilizando-se desses meios fraudulentos. Durante a operação Esfinge serão cumpridos 22 mandados de busca e apreensão e diversas prisões de caráter temporário. Em Brasília, a PF prendeu o líder da quadrilha, conhecido como Chico Pneus. Ele será levado para Vitória, no Espírito Santo, onde fica a sede da quadrilha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.