PF já recolheu mais de 41 mil armas de fogo

A Polícia Federal já recolheu mais de 41 mil armas de fogo, dentro da Campanha do Desarmamento. O Estado de São Paulo lidera o ranking, seguido de Pernambuco, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro. A expectativa do governo é de que 80 mil armas sejam entregues em todo o País até o fim do mês de dezembro deste ano, quando termina a campanha. Quem não registrar as armas de fogo, ou se desfizer delas até dezembro, quando termina a Campanha de Desarmamento, poderá ser punido por crime de porte ilegal. Se a arma for de uso permitido, a pena é de um a dois anos de detenção e multa, se for de uso proibido ou restrito, a pena passa para três a seis anos de reclusão mais multa. As informações são da Radiobrás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.