PF leva Arruda para depor na Procuradoria

CAIXA DE PANDORA

, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2010 | 00h00

Após escapulir por duas vezes do dever de testemunhar no inquérito que o Ministério Público apura ligação de promotores do DF com o "mensalão do DEM", o ex-governador José Roberto Arruda foi ontem conduzido à força, pela Polícia Federal, para prestar depoimento. Apontado como chefe do esquema, prestou esclarecimentos sobre a suposta participação da promotora Deborah Guerner no esquema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.