PF prende 12 em operação contra tráfico internacional de pessoas

Esquema envolvia falsificação de passaportes para imigração ilegal; região onde quadrilha atuava é a mesma onde vivam dois brasileiros executados no México quando tentavam entrar nos EUA

Luciana Fadon Vicente - Central de Notícias,

18 Novembro 2010 | 11h04

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) realiza nesta quinta-feira, 18, um operação para desarticular um quadrilha suspeita de falsificar documentos e fazer tráfico internacional de pessoas. Doze pessoas já foram presas.

 

Segundo a PF, foram expedidos 38 mandados e busca e apreensão e 12 mandados de prisão preventiva, nos municípios de Governador Valadares, Cuparaque, Conselheiro Pena, Ipatinga, Sobrália e Quatituba, além de um mandado de busca em Vitória (ES). Dez dos doze presos foram detidos em Governador Valadares.

 

O esquema que envolvia falsificação de passaportes para fins de imigração ilegal começou a ser investigado em maio, quando um dos membros da quadrilha foi identificado. A região onde a quadrilha atuava é a mesma onde viviam Juliard Aires Fernandes, de 20 anos, e Hermínio Cardoso dos Santos, de 24, executados por uma quadrilha de traficantes mexicanos quando tentavam entrar clandestinamente nos EUA.

 

Sete presos agiam como "Cônsules", que de acordo com a PF, agenciavam as viagens, e cinco falsificavam documentos públicos, em Governador Valadares e região. A quadrilha chegava a cobrar até US$ 14 mil para providenciarem a viagem.

 

Os criminosos estão sendo indiciados por formação de quadrilha ou bando e falsificação de documento público. Dez dos doze presos já tinham passagem pela polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.