PF prende 15 por falsificar dinheiro em sete Estados

Quadrilha movimentava cerca de R$ 350 mil por mês

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

14 de maio de 2010 | 10h52

Ao menos 15 pessoas já foram detidas ontem e hoje acusadas de pertencer a uma organização criminosa especializada na fabricação e na distribuição de moeda falsa em São Paulo e outros seis Estados, segundo a Polícia Federal (PF).

 

As investigações, que tiveram início em outubro de 2009, apontam que a quadrilha fabricava e distribuia cerca de R$ 350 mil por mês, totalizando durante o período investigado R$ 2,5 milhões. Cinco suspeitos foram presos ontem em Fortaleza.    

 

Cerca de 60 policiais federais participam da Operação Ventania para cumprir 12 mandados de prisão (11 preventivas e uma temporária) e 12 ordens judiciais de busca e apreensão em São Paulo, Santo André e Diadema. Segundo a PF, a base da quadrilha estava localizada em São Paulo e a moeda era distribuída no Espírito Santo, no Rio de Janeiro, na Paraíba, na Bahia, no Rio Grande do Norte e no Ceará.  

 

A maior parte do grupo possui antecedentes criminais, principalmente pelo crime de moeda falsa, além de falsificação de documentos, estelionato, formação de quadrilha, roubo e homicídio.

Tudo o que sabemos sobre:
crimefalsificaçãodinheiroPFprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.