PF prende 17 pessoas em cinco estados por tráfico de drogas

'Operação Araguaia' envolve 100 policiais em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas e visa desmanchar esquema de tráfico internacional de drogas

Priscila Trindade, do estadão.com.br

08 de julho de 2010 | 12h58

SÃO PAULO - A Polícia Federal prendeu até o começo da tarde desta quinta-feira, 8, 17 pessoas por suspeita de tráfico internacional de drogas nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo e Minas Gerais. Entres os presos está um policial militar de Goiás.

 

Os 100 policiais que trabalham na "Operação Araguaia" ainda tentam cumprir outros oito mandados de prisão. Os investigados responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, podendo pegar mais de 25 anos de cadeia.

 

Até agora, já foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão na ação que conta com 100 policiais. Ainda não há informações sobre o material apreendido.

 

De acordo com a PF, os entorpecentes eram fornecidos para a organização criminosa por narcotraficantes bolivianos e paraguaios, que faziam o transporte da droga por meio de aeronaves e caminhões.

 

Depois de chegar no Brasil, as drogas eram redistribuídas com a utilização de caminhões e veículos de passeio para os Estados de Mato Grosso, Goiás, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais e do Distrito Federal, onde eram comercializadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.