PF prende 21 em operação contra pedofilia online em 9 Estados

Prisões são consequência de ação da polícia alemã deflagrada em 2009, que monitorou redes de compartilhamento de imagens e vídeos de violência contra crianças

Priscila Trindade, do estadão.com.br

27 de julho de 2010 | 16h55

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) prendeu nesta terça-feira, 27, 21 suspeitos durante a Operação Tapete Persa contra a exploração, abuso sexual e pedofilia na internet. Entre os presos está um coronel da Polícia Militar.

 

A Operação Tapete Persa foi realizada em Alagoas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal. Mais de 400 policiais federais participaram da ação.

 

As prisões são consequência da Operação Perserttepich & Collection, deflagrada em junho de 2009, pela polícia alemã, que realizou o monitoramento de redes na internet utilizadas para o compartilhamento de imagens e vídeos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Os usuários brasileiros foram identificados após essa varredura em várias redes.

 

Os fatos foram informados à representação da Interpol, no final do ano de 2008, chegando ao conhecimento da Divisão de Direitos Humanos da Polícia Federal, que iniciou as investigações no primeiro semestre de 2009.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.