PF prende 25 por narcotráfico internacional em três Estados

Empresário de Cuiabá é apontado como líder da quadrilha; empresas de fachada eram usadas como suporte

Solange Spigliatti, Central de Notícias

06 Novembro 2009 | 11h25

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta sexta-feira, 6, 25 suspeitos de envolvimento com o tráfico internacional de drogas, em três Estados. A polícia identificou um empresário de Cuiabá, proprietário de diversos empreendimentos e com uma extensa ficha criminal, como o líder da quadrilha. De acordo com a corporação, o empresário também é acusado de receptação de carretas roubadas e pelo envio delas para a Bolívia.

Cerca de 160 policiais cumprem 29 mandados de prisão temporária, 35 de busca e apreensão e 12 de condução coercitiva - quando a pessoa é encaminhada impositivamente para prestar depoimento. Os mandados da Operação São Cristóvão serão cumpridos nos Estados de Mato Grosso (capital, Cáceres, Rondonópolis, Tangará da Serra e Primavera do Leste), Mato Grosso do Sul (Corumbá) e São Paulo (capital, Américo de Campos, Lavígnia e Pracinha).

Segundo a PF, durante as investigações, iniciadas em 2008, foram apreendidos mais de 230 quilos de cocaína em pelo menos sete episódios diferentes. Outros membros da quadrilha davam suporte às ações criminosas abrindo empresas de fachada no próprio nome e no de familiares, como teria ocorrido com a mãe do suspeito apontado como líder.

 

(Texto atualizado às 19h45)

Mais conteúdo sobre:
crime trafico drogas MT PF

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.