PF prende 26 suspeitos de desvio de verba

A Polícia Federal prendeu ontem 26 pessoas (nove empresários, três servidores estaduais e 14 municipais) durante a Operação Atlântida, que investiga um esquema de desvio de verbas públicas e fraudes em processos licitatórios em obras das prefeituras de Cuiabá, Barra do Garças, Pontal do Araguaia, Canarana, Novo São Joaquim e Ribeirãozinho, na região do Vale do Araguaia, em Mato Grosso.

Fátima Lessa, O Estado de S.Paulo

20 Novembro 2010 | 00h00

A suspeita é de que o grupo tenha causado um rombo de pelo menos R$ 40 milhões aos cofres públicos. Os suspeitos deverão responder por peculato, corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha, fraude em licitação, falsidade ideológicas e advocacia administrativa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.