PF prende 31 em operação contra o tráfico internacional no RS

Traficantes presos eram ligados a cinco grupos distintos; foram apreendidos carros, armas, munições e R$ 19 mil

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

23 de setembro de 2008 | 10h40

Subiu para 31 o número de pessoas presas pela Polícia Federal acusadas de tráfico de drogas e contrabando, nesta terça-feira, 23, em 12 cidades do Rio Grande do Sul. A operação, denominada Vanguarda, mobilizou 184 policiais federais, que contaram com apoio de 45 policiais civis, 60 policiais militares e 12 servidores da Receita Federal.   Eram 45 mandados de busca e apreensão e 34 de prisões temporárias e preventivas expedidos pela Justiça. Três não foram cumpridos. Desde o início da investigação, em janeiro, outras 36 pessoas já haviam sido presas em flagrante. Segundo a PF, foram apreendidos também dinheiro falso, carros roubados, armas, munições e cerca de R$ 19 mil em dinheiro.    Os traficantes presos eram ligados a cinco grupos diferentes. Três eram de traficantes internacionais e um de traficantes nacionais de drogas. O quinto dedicava-se ao contrabando de mercadorias como pneus, farinha de trigo, gasolina, cerveja e munições.   Em comum, todos operavam em áreas geográficas semelhantes. As cargas ilícitas, transportadas por auxiliares conhecidos como "mulas", atravessavam o rio Uruguai, na fronteira da Argentina com o noroeste do Rio Grande do Sul, usando barcos e atracadouros clandestinos.   Parte da droga e das mercadorias era distribuída no noroeste gaúcho, em cidades como Alecrim, Santa Rosa, Ijuí, São Luiz Gonzaga, Três de Maio, Santo Cristo e Seberi, onde foram presas 21 pessoas, e outra parte seguia para o Vale do Rio dos Sinos, na região metropolitana de Porto Alegre, onde foram presas mais cinco pessoas.   Segundo o delegado Santos Juliano Zorzan, ao longo das investigações foram apreendidos 823 quilos de maconha e 47 quilos de cocaína. Um levantamento da Polícia Federal também indica a apreensão, no mesmo período, de três motocicletas, 13 automóveis, dois caminhões, uma carga de pneus e duas toneladas de farinha.   (Com Solange Spigliatti, do estadao.com.br)   Texto alterado às 18h04 para acréscimo de informações.

Tudo o que sabemos sobre:
operação da PFtráfico de drogas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.