PF prende 78 em operação contra contrabando em seis Estados

Entre os presos estão 31 policiais militares e civis; as investigações sobre o esquema fraudulento começou há 14 meses

estadão.com.br,

21 Novembro 2011 | 12h50

SÃO PAULO - A Polícia Federal informou nesta segunda-feira, 21, que prendeu 78 pessoas em seis estados durante uma operação de combate ao contrabando. A ação denominada Láparos foi deflagrada na última quarta-feira, 17. No total, foram presas 71 pessoas no Paraná, uma em Tocantins, três em Minas Gerais, uma no Mato Grosso, uma em São Paulo e uma na Bahia.

Entre eles estão 31 policiais militares e civis. Segundo a PF, os agentes garantiam a livre circulação das mercadorias contrabandeadas, além de informar sobre as fiscalizações que seriam realizadas pela Polícia Federal. Os policiais recebiam pagamento mensal ou por carga.

As investigações sobre o esquema fraudulento começou há 14 meses. Desde então, 222 pessoas foram presas em flagrante e cerca de 3,2 milhões pacotes de cigarro e mercadorias diversas oriundas do Paraguai foram apreendidos. O material está avaliado em cerca de R$ 12 milhões. Também foram localizados 6,5 toneladas de agrotóxicos, 109 caminhões 76 automóveis e 13 embarcações. O valor de tributos federais sonegados ultrapassa os R$ 28 milhões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.