Divulgação/PF
Divulgação/PF

PF prende ao menos 15 em operação contra tráfico internacional de drogas

Chefe da quadrilha está entre detidos; ao todo, devem ser cumpridos 49 mandados em 11 Estados

Solange Spigliatti, do estadão.com. br,

25 Novembro 2011 | 08h40

SÃO PAULO - Ao menos 15 pessoas foram presas, entre elas o chefe da quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas, durante a Operação Mahyah, da Polícia Federal. Ao todo, 49 mandados de prisão preventiva devem ser cumpridos em 39 cidades de 11 Estados.

Entre os presos, até o momento, estão a mulher e o sogro do comandante da quadrilha. Os três filhos do casal e o genro do principal suspeito também são procurados. Foram apreendidos quatro veículos (um Ford Fusion, um Fiat Strada, um Hyundai Sonata e um Volkswagen Amarok), três armas (um revólver calibre .22, uma pistola, calibre .380 e uma carabina calibre 22) e munições.

As investigações de crimes de tráfico interestadual de drogas e sua associação começaram em janeiro deste ano, com foco em Porto Esperidião, no sul de Mato Grosso, onde o principal suspeito morava, e em Minas Gerais, local onde estaria o principal contato do chefe da quadrilha.

Ao longo dos 10 últimos meses, 18 pessoas foram presas e apreendidos 230,5 Kg de pasta base de cocaína, R$ 40 mil e diversos veículos. Segundo a PF, alguns dos indiciados já estão presos e receberão novos mandados de prisão hoje em função das investigações darem conta de que continuam atuando no tráfico de drogas.

Os outros Estados alvos da operação são Goiás, Tocantins, Pará, São Paulo, Bahia, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte e Piauí.

Atualizado às 11h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.