PF prende auditores fiscais acusados de acobertar empresários

A Polícia Federal prendeu na manhã desta terça-feira, em Manaus (AM), 25 pessoas, sendo que 10 auditores fiscais do Ministério do Trabalho, acusados de acobertar multas contra empresários que atuam na Zona Franca de Manaus. Os outros 15 presos na operação denominada Zaqueu são empresários e atravessadores. As prisões foram efetuadas pelo Comando de Operações Táticas da Políca Federal, que se deslocou de Unaí (MG), onde atuava na investigação do assassinato de quatro funcionários do Ministério da Trabalho naquela cidade. A Justiça Federal poderá decretar novas prisões nas próximas horas. Os presos serão mantidos em Manaus. Na operação trabalharam cerca de 100 policiais federais de várias regiões do País.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.