PF prende donos de caça-níquel no Rio

Policiais federais prenderam ontem dez donos de bares e lanchonetes em Itacurussá, Muriqui e Angra por manter máquinas de caça-níqueis. Nessa região, o jogo é explorado por César e Fernando Andrade, sobrinhos do bicheiro Castor de Andrade. Segundo o delegado federal Flávio Galvão, "a prisão em flagrante é permitida porque fica configurada uma modalidade de crime permanente". As máquinas foram apreendidas.

, O Estadao de S.Paulo

10 de junho de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.