PF prende homem acusado de agredir perito do INSS no ES

A Polícia Federal prendeu um pedreiro de 44 anos, residente no bairro Industrial, em Viana, no Espírito Santo. Ele foi acusado de ter agredido um médico perito do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).O incidente aconteceu, na última sexta-feira, 1, quando o segurado, atualmente beneficiário de auxílio-doença, procurou a Agência da Previdência Social do bairro Campo Grande, em Cariacica, região metropolitana da Grande Vitória para submeter-se a perícia médica para revalidar sua licença. Depois dos exames de rotina, o perito informou ao segurado que sua condição de saúde já lhe permitiria retornar ao trabalho, não renovando a licença. Após essa notícia, segundo o médico, o segurado passou a agredi-lo moral e fisicamente, fazendo inclusive ameaças.O pedreiro foi, então, conduzido à sede da da PF em Vila Velha. Depois de prestar depoimento e negar a agressão, foi liberado após assumir o compromisso de comparecer em juízo assim que convocado.Recentemente, o INSS modificou a forma de entrega do resultado das perícias. Ficou estabelecido que, a partir de agora, o laudo não mais seria entregue na hora ao segurado. Ele passa a ser assinado pelo presidente do INSS e depois é enviado ao beneficiário do auxílio-doença. A mudança é decorrente exatamente em razão do grande número de agressões contra peritos do órgão praticadas por segurados insatisfeitos com o resultado da perícia médica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.