PF prende policial militar em ação contra tráfico de drogas no PE

Policiais também fizeram a maior apreensão de pasta base de cocaína do Estado

Priscila Trindade, Central de Notícias

09 de maio de 2011 | 11h18

SÃO PAULO - A Polícia Federal prendeu cinco suspeitos de envolvimento com uma quadrilha de tráfico de drogas, no último sábado, 7, em Pernambuco. Entre os detidos está um soldado da Polícia Militar, de 33 anos, do 17º Batalhão. Durante a ação na capital pernambucana também foram apreendidos 165,2 kg de pasta base de cocaína. Segundo a PF, é a maior apreensão desse tipo de droga no Estado.

A quadrilha foi desarticulada após dois meses de investigações pelos agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE). A apuração apontava que uma casa localizada no bairro da Iputinga, em Recife, era o local de armazenamento e negociação de grande quantidade de pasta base de cocaína. Por volta das 13 horas, os policiais viram um dos suspeitos deixar o imóvel. Ele foi abordado pelos agentes e confessou que transportava três sacolas com entorpecente. Com ele foram encontrados aproximadamente 57 kg de pasta base de cocaína. Dentro da residência havia mais 108,2 kg da droga, além de duas armas e R$ 155.860,00.

O preso revelou que iria se encontrar com mais três pessoas num bar próximo a sua casa para fazer a entrega da droga. Ele passou a ser acompanhado pelos policiais e, ao se aproximar dos suspeitos, todos foram presos.

Parte da equipe policial ainda estava na casa do suspeito quando o líder da quadrilha tocou o interfone e foi recebido pela PF que efetuou a sua prisão em flagrante.

Os presos foram levados para a Superintendência da Polícia Federal no cais do Apolo. Eles foram autuados por tráfico interestadual de entorpecentes e associação e, caso sejam condenados, poderão cumprir penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão.

Caso a droga fosse transformada em crack em laboratórios clandestinos daria para produzir cerca 661 kg. O crack seria comercializado na região metropolitana, agreste e sertão de Pernambuco.

Esta é a 7ª apreensão de drogas realizada pela Polícia Federal este ano. Até agora, 17 pessoas foram presas por tráfico e 247,4 kg de pasta base de cocaína foram apreendidos, além de 19,7 kg de crack e 253 kg de maconha. Em 2010, 60 pessoas foram presas por tráfico, e foram apreendidos 83,9 kg de pasta base de cocaína, 43,9 kg de crack, 10,1 kg de cocaína, 1,5 tonelada de maconha e 438 ampolas de lança perfume.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.