PF prende prefeito de São Francisco do Itabapoana e mais 4 no Estado do Rio

Segundo polícia, eles faziam parte de esquema de desvio de verbas públicas destinadas à saúde no município

29 de março de 2012 | 09h36

SÃO PAULO, 29 - Cinco pessoas foram presas na manhã desta quinta-feira, 29, entre elas o prefeito de São Francisco do Itabapoana, no norte do Rio de Janeiro, o atual secretário de saúde e o ex-secretário de saúde do município e os representantes da Clínica Fênix. Eles são acusados de desviar verbas públicas destinadas à saúde no município, segundo a Polícia Federal, que fez as prisões durante a operação Renascer.

A fraude envolvia o superfaturamento de exames laboratoriais que eram pagos diretamente à Clínica Fênix, com a permissão da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana, por meio de convênio com o Ministério da Saúde. Além disso, a quadrilha prestava informações falsas ao Sistema Único de Saúde (SUS) sobre exames fictícios, de acordo com  a PF.

A clínica era favorecida em processos fraudados para a prestação de exames de laboratório de média e alta complexidade, que eram pagos com recursos do Fundo Nacional de Saúde repassados ao município.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.