PF prende secretário adjunto de MT com arma em aeroporto

Revólver foi descoberto pelo detector de metais; calibre é para uso restrito das Forças Armadas

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

03 de fevereiro de 2010 | 11h23

O secretário adjunto de Assistência Social do Estado de Mato Grosso, José Rodrigues Rocha Junior, foi preso por policiais federais no fim da tarde de terça-feira, 2, ao tentar embarcar para Brasília com um revólver calibre 357 e nove munições. A arma é de uso restrito das Forças Armadas.

 

De acordo com a PF, o revólver foi descoberto pelo detector de metais do Aeroporto Internacional Marechal Rondon na esteira de raio X, dentro de uma mala de mão. A polícia investiga a origem da arma, já que Rocha preferiu não se manifestar sobre o assunto.

 

O secretário foi detido por porte ilegal de arma de fogo e indiciado nos termos do Estatuto do Desarmamento. A pena pode variar entre três e seis anos de prisão e multa. Ainda segundo o próprio estatuto, o crime é insuscetível de liberdade provisória.

 

Após o flagrante, Rocha foi encaminhado ao 1º Batalhão de Bombeiros Militar. Ainda segundo a PF, os aparelhos de raio X do aeroporto foram instalados em maio de 2009 e têm ajudado no combate aos crime de tráfico de drogas e porte ilegal de armas por via aérea no Estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.