PF prende vendedores de medicamentos irregulares

Duas pessoas foram presas em flagrante hoje - uma em São Paulo e outra em Minas Gerais - acusadas de fornecimento ilegal de medicamentos sem registro, segundo informações da Polícia Federal. A prisão foi realizada pela Operação Placebo, que desde julho deste ano investiga a venda ilegal de medicamentos por meio da Internet nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Fornecedores de anfetaminas, anabolizantes e fitoterápicos foram identificados através da Internet e passaram a ser investigados em delito contra a saúde pública, uma vez que a venda de medicamentos sem o controle da Anvisa, enseja a utilização de substâncias danosas a saúde.Na ação de hoje, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal. Foram apreendidos medicamentos e produtos sem registro.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

18 Setembro 2007 | 12h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.