PF quer desarticular quadrilha que adulterava combustível

Após dois anos de investigações, 36 equipes de policiais federais deflagraram na manhã desta quinta-feira, dia 23, a operação Dissolve, com o objetivo de desmantelar um organizado esquema de adulteração de combustíveis, que operava nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso. A operação conta com os Ministérios Públicos Federal e Estadual.De acordo com a Polícia Federal, as empresas de fachada adquiriam do fabricante solventes químicos que somente poderiam ser utilizados na preparação de tintas e afins. Os solventes iam para empresa de um dos envolvidos que os utilizava para adulterar a gasolina que posteriormente era distribuída para diversos postos pertencentes à mesma empresa ou a terceiros. Os policiais federais vão cumprir 13 mandados judiciais de prisões temporárias, 36 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de seqüestro de bens móveis, nos municípios paulistas de Piracicaba, Limeira, Santa Bárbara D´Oeste, Cordeirópolis, Porto Feliz, Novo Horizonte, Guarujá, São Sebastião, além de Uberlândia, em Minas Gerais, e Cuiabá, no Mato Grosso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.