PF suspeita de empresário acusado de explorar caça-níqueis

A Polícia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão na cidade de Araçatuba, no interior de São Paulo, a fim de investigar o envolvimento de um empresário local com a exploração de máquinas caça-níqueis.Foram apreendidos, na residência e na empresa do acusado, uma pistola Glock semi-automática em situação irregular, além de documentos contábeis, CDs e agendas da empresa Big Star, intermediária na exploração dos caça-níqueis.A polícia também apreendeu 209 blocos, com 20 bilhetes cada, utilizados para a realização de loteria não autorizada - sorteio de veículos, motocicletas e eletrodomésticos -, fato que caracteriza contravenção penal.O empresário, que cumpre pena em liberdade condicional em razão de um homicídio cometido em 1994, será chamado para interrogatório e indiciamento devido ao envolvimento em crimes contra a ordem tributária e a economia popular e de contrabando.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.