PF tenta identificar líder de esquema de lavagem de dinheiro

A Polícia Federal está investigando um esquema de lavagem dinheiro na capital cearense. Com a prisão de um terceiro suspeito, o superintendente da PF, no Ceará, Wilson Nascimento, acredita estar perto de elucidar o caso. O líder do esquema seria um norte americano, de aproximadamente 50 anos, conhecido apenas como ?Michael". Ainda não se tem certeza sobre a identidade dele porque foram encontrados em seu apartamento quatro passaportes (dois da Colômbia, um do Panamá e outro da Guatemala) contendo nomes e nacionalidades diferentes. Além dos documentos, a polícia encontrou uma grande quantidade de objetos como computadores, cartões de banco, impressoras e outros meios utilizados para o processo de ´lavagem´ de dinheiro em países mundialmente conhecidos como paraísos fiscais, entre eles: Colômbia, Bolívia, Belize, União Soviética, Panamá, Guatemala, Suíça e ilhas do Caribe. A PF chegou a ´Michael´ após prender, há uma semana, o guatemalteco Hugo Venício Gomez Chacon, que foi detido em um flat na Avenida Beira-Mar, juntamente com o panamenho Ivan Ernesto Rodriguez. Chacon teve prisão temporária decretada pela Justiça Federal e, ontem, decidiu apontar ?Michael? como o líder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.