Picadinho, tutu e leitão à pururuca no casamento de Marta

Os noivos Marta Suplicy e Luis Favre optaram por servir um cardápio simples: picadinho de file mignon, uma das comidas preferidas da prefeita, tutu de feijão e leitão à pururuca. De sobremesa, doces confeitados e frutas, além do bolo. Está prevista também uma apresentação da cantora judia Fortuna, amiga de Favre. A assessoria da prefeita confirmou que ela passou a noite na estância onde será realizada a cerimônia, em Itupeva, no interior de São Paulo. Um fato chamou a atenção das pessoas que ficaram em frente ao sítio. Entre vários carros importados, um fusca entrou na fila de entrada. Ele pertence ao assistente administrativo da prefeitura, Antônio Carlos. "Não tenho dinheiro para comprar outro carro e a festa é democrática", disse.O deputado federal Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho (PT-SP), foi um dos únicos que revelou o presente que daria aos noivos: uma bandeja artesanal confeccionada com grãos de café. O deputado ficou sem graça quando os repórteres perguntaram se o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), ex-marido da prefeita, iria ao casamento. "Se fosse eu, não viria.". O senador, que não foi convidado, está em viagem oficial ao Equador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.