MOISéS SILVA/O TEMPO
MOISéS SILVA/O TEMPO

Ouça áudio do piloto da Latam sobre falha na aeronave

Avião fez pouso de emergência no Aeroporto Internacional de Confins na madrugada desta quinta-feira

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

20 Dezembro 2018 | 18h11
Atualizado 21 Dezembro 2018 | 01h27

O piloto do avião da Latam - voo LA 8084, que fez um pouso de emergência na madrugada desta quinta-feira, 20, no Aeroporto Internacional de Confins, na região Metropolitana de Belo Horizonte, disse à torre de comando que estava com um problema sério e que precisava de ajuda para aterrissagem. O Estado obteve o áudio da conversa entre o piloto e a torre de comando.

"Por gentileza, providencie bombeiros, ok amigão? A aeronave está muito pesada, sem condições de alijamento. Solicito ajuda dos senhores. Estamos com esse problema um pouco sério, ok? Estamos praticamente sem o sistema elétrico", disse o piloto.

A Latam informou que o Voo LA8084 partiu às 00h30 de Guarulhos com destino a Londres e precisou realizar um pouso de emergência às 1h43, em Confins, devido a questões técnicas. Segundo a companhia, durante o pouso, os pneus da aeronave foram danificados e precisavam ser trocados para que o avião pudesse ser retirado do local. 

Foi preciso a ajuda de equipamentos da Força Aérea Brasileira (FAB) para retirar o veículo da pista, o que aconteceu às 21h58. A Azul também prestou auxílio na operação. Às 22h48, quase um dia depois do pouso forçado, a pista do Aeroporto de Confins foi totalmente liberada. 

Uma passageira, identificada apenas como Paula, contou no Twitter ter vivido momentos de pânico, com cerca de 40 minutos de voo. Foi quando os passageiros ouviram um barulho alto e todas as televisões das poltronas se apagaram.

Segundo o relato, poucos minutos depois o piloto apertou erroneamente o botão do microfone, ao tentar se comunicar com a torre, e informou por engano aos passageiros que o sistema elétrico da aeronave tinha parado e o avião estava sem estabilidade.

Em entrevista ao Estado, o passageiro Marcello Santana disse que os passageiros entraram em pânico  após o áudio da conversa do piloto com a torre de comando vazar. 

" Muitos choraram, outros passageiros gritavam. Eu tentei manter a calma. Foi cortado o sistema de ar condicionado da aeronave, ficou muito quente. Nós vivemos uma sensação de 'momento final', alguns ficaram introspectivos e outros berravam', disse Santana.

Segundo o passageiro, o momento de maior tensão foi quando o avião aterrissou. "Nunca vivi uma experiência dessa e nunca mais quero viver na vida. Na hora da aterrissagem, o avião deu um tranco forte e estourou os pneus. Parecia que o avião tinha entrado de peito na pista", explicou Santana.

Em nota, a Latam informou que todos os passageiros  desembarcaram em segurança e estão recebendo a assistência necessária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.